PDF Imprimir E-mail

Defesa Civil recebe doações da UFPA Altamira para famílias desabrigadas.

Na sexta-feira 4 de abril, a Coordenadora da Divisão de Extensão do Campus Altamira, Tatiana da Silva Pereira, acompanhada por alunos, técnicos e professores,  realizaram a entrega de doações à Defesa Civil no Parque de Exposições de Altamira, com o objetivo de minimizar a situação das famílias abrigadas pela Prefeitura devido às enchentes provocadas pelo excesso de chuvas.  Esta ação foi fruto da visita realizada previamente pela Coordenadora do Campus, profa Netinha, que esteve no local conversando com famílias desabrigadas e com assistentes sociais da Prefeitura para conhecer as principais dificuldades e necessidades.

A UFPA fez a doação de 40 colchões de solteiro que eram utilizados pelos alunos residentes na Casa do Estudante e que, ao receberam a renovação para colchões novos, a coordenação do Campus, imediatamente disponibilizou às famílias desabrigadas.

Hoje são 480 famílias abrigadas no Parque de Exposições, dentre as quais, quarenta e sete delas vieram somente com a roupa do corpo, algumas estão dormindo no chão, outras dormem encima de lona, explica o Coordenador de Defesa Civil do município de Altamira, Fernando Eurico F. de Souza, que agradeceu emocionado a importante doação porque há muita necessidade de receber colchões, beliches e berços.

Outros itens também foram doados, atendendo a recomendação da Defesa Civil e Prefeitura Municipal. Foram aproximadamente 200 quilos de vestimentas para adultos e crianças, feminino e masculino, 70 cestas básicas, um fogão de cozinha, material de limpeza, calçados seminovos. As contribuições mais representativas foram obtidas dos trotes solidários realizados pelas Faculdades de Engenharia Florestal e Ciências Biológicas, cujos acadêmicos vinham arrecadando desde o mês de março.  Houve engajamento, inclusive, do comercio no entorno do Campus.

Aluna de Ciências Biológicas, Rosilene Alencar do Nascimento, está cursando o último ano e acompanhou a entrega da doação. Para ela, esta ação foi muito significativa porque ainda não tinha visto a situação dos desabrigados em Altamira, as famílias vivendo amontoadas em barraca. “A pobreza é o que mais me chamou a atenção e me fez refletir que a gente reclama de coisas que, perto do que enfrentam estas famílias, não são nada. Nós, como estudantes, buscamos um futuro melhor para todos”.

 

 

 

Rua Coronel José Porfírio 2515, São Sebastião, 68372-040, Tel: (93)3515-1079 - altamira@ufpa.br, Altamira-Pará-Brasil