PDF Imprimir E-mail

Faculdade de Ciências Biológicas


Curso: Licenciatura em Ciências Biológicas

 

Diretora: Profa. Dra. Daniela Santana Nunes ( Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. );

Vice-Diretora: Profa. Dra. Isadora Fernandes de França ( Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. )

Secretaria: Téc. Adm. Simone Macedo Xavier da Rocha ( Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. )

 


 

Caracterização do Curso Licenciatura em Ciências Biológicas

 

Local de Funcionamento: Campus Universitário de Altamira - UFPA

Forma de ingresso: O ingresso ao Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas do Campus Universitário de Altamira é realizado por meio de processo seletivo da Instituição ou de processos interinstitucionais, conforme dispõem os artigos 116 e 129 do Regimento Geral da UFPA

Número de vagas: São ofertadas anualmente 40 vagas para uma entrada, no 2º período letivo, de acordo com o Calendário Acadêmico da UFPA.

Turno de funcionamento: turnos de forma alternada anualmente, Matutino ou Vespertino ou Noturno.

Modalidade de oferta: Presencial.

Título conferido: Licenciado em Ciências Biológicas.

Duração: Integralização prevista para 4 anos (8 períodos), com tempo máximo de permanência de 12 (doze) períodos.

Carga horária: 3.362 horas.

Período letivo: Extensivo, nos 2º e 4º períodos letivos, de acordo com o Calendário Acadêmico da UFPA.

Regime acadêmico: Seriado

Formas de ofertas de atividades: Por período letivo, nas formas modular e paralela.

Formas de reoferta de atividades: realizada em um turno diferente daquele normal do aluno. Quando o número for superior a dez alunos será formada uma única turma. Caso seja, um número menor que dez, os discentes cursarão, juntamente com a turma do período letivo ocorrente, na qual a disciplina foi ofertada.

Atos normativos: o curso de Licenciatura em Ciências Biológicas teve sua origem em 01/05/1996, com a implementação e início no Campus Universitário de Altamira da Universidade Federal do Pará – UFPA, apoiado pelo Decreto Federal Nº 81728 de 24/05/1978 (publicado em 26/05/1978), pela Resolução do CONSUN Nº 1355 de 03/02/1986 e pelo parecer CFE 471/1991 de 05/09/1991.

 


Objetivos do Curso

 

As Diretrizes Curriculares dos cursos de graduação da UFPA estão previstas no caderno 07 da PROEG, bem como, nas determinações da Resolução Nº 3.186 de 24 de junho de 2004 - CONSEPE e nas Resoluções CNE/CES Nº 7 de 11 de março de 2002; Resolução CNE/CP 1, de 18 de fevereiro de 2002 e Resolução CNE/CP 2, de 19 de fevereiro de 2002.

O Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da UFPA - Campus Universitário de Altamira pretende formar docentes, para atuar no ensino de Ciências no ensino fundamental e no ensino de Biologia no ensino médio, na dimensão humanística e pedagógica, com conhecimento de Biologia e do saber, saber fazer e ser, no que diz respeito à educação, de modo a resultar num melhor encaminhamento das demandas sociais que requeiram a participação do licenciado em Ciências Biológicas. Além de capacitar o futuro profissional à compreensão do mundo material, inserido na realidade contextual em perspectivas de desenvolvimento de uma visão crítica e um posicionamento ético face aos novos desafios de ordem social econômica, política e ambiental.

 


Infraestrutura Física Disponível

 

O Campus Universitário de Altamira, Unidade Acadêmica de oferta do Curso de Ciências Biológicas (Licenciatura) tem uma área descontínua de 60.000 m2, convencionalmente chamada de Campus I onde se localiza atualmente a Sede administrativa, Faculdades de Geografia, Letras e Educação; e área do Campus II Faculdade de Ciências Agrárias e Biblioteca. Com os recursos do REUNI, em junho de 2011 foram inauguradas as novas instalações das Faculdades de Ciências Biológicas e Engenharia Florestal e Laboratório de informática, anteriormente, localizados no Campus I, em condições que não atendiam a demanda. Os quadros abaixo, ilustram a infra-estrutura da Faculdade de Ciências Biológicas do Campus Universitário de Altamira, instalada no Campus II, que consta de um prédio de 1080m2 de área total, com dois pavimentos de 540m2 cada.

PAVIMENTO TÉRREO

Laboratório de Zoologia: Laboratório didático com área total de 82,6 m2, subdividido em 06 seções: 01 sala de coleção com 11 m2, 01 sala de triagem com 13,5 m2, 01 sala didática com 24,9 m2, 02 gabinetes com 7,3 m2 cada e 01 um gabinete com 8,3 m2. Área de circulação com 10,3 m2.

Laboratório de Microbiologia: Laboratório didático com área total de 65 m2, subdividido em 04 seções: 02 gabinetes um com 13,8 m2, e o outro com 11,4 m2 , Sala didática com 36 m2, 01 câmara escura com 3,8 m2.

Núcleo Pedagógico de Ensino de Ciências: Laboratório didático com área total de 51,5 m2 subdividido em 02 seções: 01 sala de preparação com 40,2 m2 e 01 Gabinete com 11,3 m2

Laboratório de Botânica: Laboratório didático científico com área total de 30 m2 e 02 gabinetes com 7,3 m2 cada, 01 Curadoria, 02 salas de preparação e 01 Herbário com 44 m2

Laboratório de Ecologia: Laboratório didático com área total de 115,5 m2, subdividido em 05 seções: 01 sala de cultivo com 24 m2, 01 sala de triagem/laboratório com 88 m2, 02 gabinetes com 7,3 m2 cada e 01 um gabinete com 9 m2.

Gabinete da Direção do Curso: Sala administrativa com área total planejada de 13,6 m2 e uma Secretaria com área total de 10,4 m2.

Áreas de Uso Comum: Área de utilização comum de 149,3 m2, composta por sanitários feminino, e masculino, sanitários de portadores de necessidades especiais, 01 depósito, escadaria, plataforma de acesso aos portadores de necessidades especiais e recepção, Copa com área total de 9,6 m2.

PAVIMENTO SUPERIOR

Laboratório  Multidisciplinar I: Laboratório didático com área total planejada de 56,5 m2 e capacidade de execução de aulas práticas para turmas de até 40 alunos.

Laboratório Multidisciplinar II: Laboratório didático com área total planejada de 56,5 m2 e capacidade de execução de aulas práticas para turmas de até 40 alunos.

Laboratório de Genética Molecular e Morfofisiologia: Laboratório didático com área total planejada de 114,2 m2, subdividido em 10 seções: 01 sala didática com 36 m2, 01 sala de microscopia com 13,6 m2, 01 sala de citogenética e biologia molecular com 10,7 m2, 01 sala de histologia e embriologia com 10,7 m2, 01 sala de lavagem com 10 m2, 01 sala de reagentes com 4,5 m2, 01 ante-sala com 3,5 m2, 01 sala de cultura de células com 11 m2, 01 banheiro com 2,0 m2 e 01 gabinete com 14,2 m2.

04 Salas de aula:  Cada sala com área planejada de 50 m2 e capacidade para acomodar confortavelmente uma turma com número máximo de 40 alunos

Gabinete do técnico: Sala com área total de 9,5 m2

Copa: Sala com área total planejada de 9,6 m2

Áreas de uso comum: Copa com área total de 9,6 m2 e 01 sala do Técnico de Laboratório com 7,3 m2

 


Infraestrutura de Ensino:

 

- Coleções Didáticas: Coleção de Zoologia de Invertebrados (Coleção Via Seca e Coleção Via Úmida); Coleção Entomológica; Coleção de Vertebrados (Coleção Via Seca e Coleção Via Úmida); Coleção Paleontológica

- Herbário

- Equipamentos didáticos: Microscópios e Lupas; data show; retroprojetores; notebook, computadores, material didático e impressoras.

 


Histórico da Implantação do Curso no Campus Universitário de Altamira

 

Durante a gestão do professor Afonso Wellington de Souza Nascimento, no período de 2000 a 2003 na Coordenação do Campus, se cogitou a possibilidade de implantar um Curso de Biologia em Altamira devido à necessidade regional de formar profissionais que pudessem atuar tanto no ensino, nesta área do conhecimento e na investigação dos recursos naturais aqui presentes. Iniciou com uma turma intervalar em 1999, ainda vinculada ao Curso de Biologia de Belém.

Sob a coordenação dos professores substitutos do então Colegiado de Ciências Agrárias Emerson Monteiro dos Santos e Simone Maria Costa de Oliveira, levantou-se a demanda no município e região. A partir de então, começaram as discussões sobre a possível implantação do Curso Regular no Campus. Em 2002, com a chegada de novos professores efetivos ao Campus, essa discussão tomou fôlego. O Prof. Flávio Bezerra Barros, como único biólogo do Campus, começou a coordenar tal discussão, que culminou numa proposta diferente de Curso, apresentada e, posteriormente, apreciada por uma equipe da Administração Superior que considerou urgente a implantação do Curso de Biologia como um curso regular no Campus de Altamira. Primeiro foi montada uma proposta de implantação de Curso, seguindo o Projeto Pedagógico do Curso ofertado em Belém, pelo atual Instituto de Ciências Biológicas.

Diversas reuniões fora realizadas em Belém, sempre com a presença do Prof. Dr. Ricardo Ishak (na época Diretor do Instituto de Ciências Biológicas - ICB), Profa. Dra. Lúcia Harada (na época Coordenadora do Curso de Ciências Biológicas), Prof. Afonso Wellignton e o Prof. Flávio Barros. Diversas questões foram acordadas, como número de vagas do Curso, funcionamento do mesmo, contratação de docentes, cooperação do ICB através de seus professores, infra- estrutura, entre outros.

No segundo semestre de 2004, o Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas se iniciou de forma regular no Campus de Altamira, com uma turma de 30 alunos. Neste início, os professores efetivos e substitutos das atuais Faculdades de Ciências Agrárias, Educação e Letras do Campus e alguns da UFPA de Belém, ministraram aulas. Em meados de 2005, foi aberto o primeiro concurso para professor efetivo do Curso, a vaga foi assumida pelo Dr. Francisco Plácido Magalhães Oliveira. Ainda em 2005, foi realizado concurso para professor substituto, onde assumiu, no início de 2006, Solange Trevisan, ex-aluna da turma intervalar de 1999. Em Fevereiro de 2006, num novo concurso foram efetivados dois professores na área da Zoologia, Dr. José Augusto Teston e Dr. Francisco Ricardo Negri. Com o quadro de 4 docentes, se dá a primeira reunião para a escolha da Coordenação do então Colegiado de Ciências Biológicas, assumindo o Prof. Dr. Francisco Plácido. Em junho de 2006, outros três concursos são realizados, onde mais três professores efetivos passam a integrar o Colegiado, a Me. Daniela dos Santos Santana, o Me. André Salim Khayat e a Me. Flávia Costa Biondi, para as áreas de Criptógamos e Fungos, Biologia com ênfase em Citologia, Bioquímica, Vírus e Bactérias e Biologia Geral, com ênfase em Genética Básica, Genética Humana e Evolução. Ainda em 2006, no segundo semestre, ocorreu a entrada da segunda turma regular com 30 novos calouros.

Em Março de 2007, assume a Coordenação do então Colegiado do Curso de Ciências Biológicas de Altamira e posteriormente da recém criada Faculdade de Ciências Biológicas (FCB), o Prof. Francisco Ricardo Negri. Em Junho de 2008, novos concursos para docentes efetivos são realizados e mais 6 docentes são contratados.

No segundo semestre de 2008, no primeiro semestre de 2009, no segundo semestre de 2010 e no primeiro semestre de 2011, quatro turmas regulares ingressaram, contabilizando 120 calouros. Desde então, o Curso triplica sua oferta de vagas e passa a ser ofertado anualmente. Mais concursos para docentes são realizados em 2011.

Atualmente (2014) a FCB possui um quadro efetivo de 20 professores e um técnico de laboratório, na perspectiva de contratação de mais um docente e dois técnicos.

 


Corpo Docente

 

PROFESSOR(A) TITULAÇÃO REGIME

Ana Amélia de Araújo Maciel, Mestre DE

Daniela dos Santos Santana, Doutora DE

Eldra Carvalho da Silva, Mestre DE

Emil José Hernandéz Ruz, Doutor DE

Flávia Costa Biondi, Mestre DE

Francisco Plácido Magalhães Oliveira, Doutor DE

Hermes Fonseca de Medeiros, Doutor DE

Janes Kened Rodrigues dos Santos, Mestre DE

José Adriano Giorgi, Doutor DE

Leandro Melo de Sousa, Doutor DE

Magali Gonçalves Garcia, Doutora DE

Maria Cecilia Picinato, Doutora DE

Maurício Möller Parry, Doutor DE

Nadson Ressyé Simões da Silva, Doutor DE

Raírys Cravo Herrera Doutora DE

Rodolfo Aureliano Salm Doutor DE

Ronaldo Adriano Ribeiro da Silva Mestre DE

Rosemar Silva Luz Ramos Doutora DE

Tatiana da Silva Pereira Doutora DE

Ulisses Brigatto Albino Doutor DE

TOTAL: 20 docentes (15 Doutores e 5 Mestres) e 1 concurso para Doutor previsto para iniciar no dia 17 /03/2014. Totalizando 21 Docentes caso tenha candidato aprovado.

 

 


 

Parcerias Institucionais

Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), RS
Universidade Estadual de Londrina (UEL), PR
Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Universidade Federal do Acre (UFAC)
Universidade Federal do Amazonas (UFAM
Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT)
Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA)
Universidade Federal do Pará (UFPA)/ Campus Universitário de Bragança
Universidade Federal do Pará (UFPA)/ Campus Universitário de Castanhal
Universidade Federal do Pará (UFPA)/ Instituto de Ciências Biológicas
Universidade de São Paulo (MZUSP/IBUSP)
Universidade Federal de Goiás (UFG)
Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG)
Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA)
Instituto Federal do Pará (IFPA)
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA)
Instituto Nacional de Limnologia/Universidad Nacional del Litoral Argentina
EMBRAPA Amazônia Oriental
FURG, RS
Institut de Quimic Sarrià - URL, Barcelona, Espanha

Projetos de Extensão Universitária

- "Impacto do programa de apoio ao plano de reestruturação e expansão das universidades federais (reuni) na geração do conhecimento na região do Xingu” – Coordenação: Prof. Dr. Emil José Hernandéz Ruz.
- FORBIO: Fortalecendo Práticas de Ensino em Biologia- Coordenação: Profa. Me. Janes Kened Rodrigues da Silva

 


Laboratórios: Núcleo Pedagógico no Ensino de Ciências; Laboratório de Ecologia;Laboratório Multidisciplinar I; Laboratório de Multidisciplinar II;Laboratório de Botânica;Laboratório de Zoologia; Laboratório de Microbiologia;Laboratório de Genética Molecular e Morfofisiologia.

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

Rua Coronel José Porfírio 2515, São Sebastião, 68372-040, Tel: (93)3515-1079 - altamira@ufpa.br, Altamira-Pará-Brasil