Histórico do Campus
Escrito por Administrator   
Sex, 06 de Dezembro de 2013 19:10

O Campus Universitário de Altamira - UFPA foi criado em 1987 e, desde então, vem formando técnicos e docentes de nível superior em Altamira e nos municípios adjacentes. Nesses 21 anos foram licenciados mais de 2.000 alunos nas áreas de Letras, Pedagogia, Ciências, História, Geografia, Matemática, Ciências Sociais e Ciências Agrárias. Essa unidade acadêmica responde a um dos principais desafios apresentados pela região: a carência de pessoal qualificado através da formação de profissionais de nível superior para atender as demandas dos municípios, principalmente na área da educação básica.

O Campus iniciou suas atividades com os cursos intervalares de: Letras, Pedagogia, Ciências, História, e Geografia, ofertados nos períodos de recesso escolar, possibilitando o atendimento da demanda específica composta, em sua maioria, por professores vindos de outros municípios da região. Em outubro de 1992, iniciaram-se os cursos regulares de Licenciaturas em Letras e Matemática, seguidos por Pedagogia em 1994, que pretendiam atender parte da sociedade não contemplada pelos cursos intervalares.

Em 1996 se instala em Altamira, por intermédio do Centro Agropecuário, o Curso de Licenciatura em Ciências Agrárias, atendendo a necessidade de melhor conhecer e trabalhar o potencial agropecuário da região.

Mais recentemente, o Campus de Altamira é um dos beneficiados do Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI), que o governo federal iniciou com o Decreto 6096 de 24 de abril de 2007, com o propósito de expandir o acesso ao ensino de graduação e otimizar as taxas de conclusão de graduação. Como estratégia para o alcance das metas pactuadas no programa foram criados novos cursos, no ano de 2008, Engenharia Florestal, e no ano seguinte foram instalados os cursos de Geografia, Letras (Língua inglesa) e Etnodesenvolvimento. Para atender esse novo contexto, o MEC determinou abertura de concurso público para contratação de 38 professores e 13 técnicos de nível médio e superior, além da liberação de recursos financeiros para construção de laboratórios, salas de aulas e prédios administrativos em Altamira.

O Campus de Altamira mantém núcleo em Uruará, e promoveu ações de educação no campo por meio de seis projetos vinculados ao Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (PRONERA), iniciado em 1998 para atender a reivindicação dos movimentos sociais e dos sindicatos dos trabalhadores rurais da Transamazônica pelo direito à educação.

A comunidade universitária é constituída por, 91 docentes efetivos, 16 técnico-administrativos aproximadamente, 1.500 alunos, distribuídos nos cursos de Engenharia Florestal, Engenharia Agronômica, Pedagogia, Geografia, Ciências Biológicas, Letras-Língua Portuguesa, Letras-Língua Inglesa e Etnodesenvolvimento, cursos presenciais e Química, modalidade à distância.

Os eixos que norteiam o funcionamento do Campus estão pautados nas demandas sociais locais, assim centrados na melhoria do sistema educacional com a formação de professores para atuar na educação básica e de agentes de desenvolvimento com o propósito de transformação social e econômica, apoiando a agricultura familiar, e as populações tradicionais como o todo.

Apesar de evidente a importância dessa unidade da UFPA no sudoeste paraense, não são poucos os problemas e os desafios a serem suplantados, principalmente no que diz respeito a infraestrutura. Percebemos a necessidade urgente de salas de administração e pesquisa para as faculdades recém-criadas, bem como aumento do número de salas de aula, laboratórios e outros espaços para aproveitamento do processo educacional.

 

Última atualização em Sex, 31 de Janeiro de 2014 18:06
 

Rua Coronel José Porfírio 2515, São Sebastião, 68372-040, Tel: (93)3515-1079 - altamira@ufpa.br, Altamira-Pará-Brasil